se ainda fosse poeta

ah… se ainda fosse poeta…
há lugares que me fariam reviver
reviver
me faria atravessar amores paixões e lembranças
como se estivessem aqui

sucedem-se os morros a cidade e as florestas
enquanto dirijo e rodo por estradas e lugares
imerso em pensamentos de muitos tempos
muitas camadas
muitas partidas
em permanência
no que sou

talvez repisasse as trilhas
revivesse no acaso do presente
o destino intenso ou
me perdesse
no vazio povoado de memórias
talvez
como quem indaga
sem respostas
as mesmas perguntas que já fez
eu me perdesse sempre
na busca insana do que foi
no que ainda pode ser

mas não há o que lamentar
se é que o lamenta
eu não ser mais poeta
porque

agora percebo

que se o fosse ainda não veria

o que agora posso ver

Euler Sandeville Jr, 18/03/2018 12:50
quando olho para Deus

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s